Jornal Folha de São Paulo classifica gestão de Belo Jardim como pouco eficiente

0
58

Por: André Luiz Melo

Belo Jardim não figura como boa referência no Brasil e nem no Estado. Isso segundo o ranking de eficiência dos recursos públicos feito pela Folha de São Paulo (o maior jornal do Brasil) e divulgado neste domingo (28). Na avaliação do jornal, o município figura entre os dotados das menos eficientes administrações do Brasil, na 2.856ª posição.

Conforme o levantamento, a gestão municipal de Belo Jardim perde para a de municípios como Pesqueira, Venturosa, Cupira, Custódia, Altinho entre tantos outros. A vizinha Sanharó alcançou classificação bem melhor no ranking nacional: 1.367ª posição.

O ranking de eficiência da Folha faz o comparativo do montante de recursos arrecadados pelas prefeituras e o retorno desse orçamento para serviços como SANEAMENTO, SAÚDE E EDUCAÇÃO.

De acordo com a avaliação, a gestão de Belo Jardim ficou classificada como uma entre as de “POUCA EFICIÊNCIA” do PAÍS, com a média 0,446 (MENOS de MEIO POR CENTO). O SERVIÇO PIOR avaliado no município é o de SAÚDE: 0,266. Já a EDUCAÇÃO aparece com índice 0,540, enquanto o saneamento figura com 0,820 no levantamento do jornal.

O município de Nazaré da Mata foi o mais bem avaliado do Estado e um dos melhores do Brasil, alcançando a posição 18ª no ranking nacional.

Para conferir os detalhes do ranking, clique no link a seguir:http://www1.folha.uol.com.br/remf/